Atualizando informações ...

Rebeldia de Nobel

Ref: 9788563876249
 
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

Sinopse:

Rebeldia de Nobel reúne as entrevistas que o jornalista Xavi Ayén realizou ao longo de três anos com 16 vencedores do prêmio Nobel de literatura, sempre acompanhado pelo olhar de Kim Manresa, fotógrafo de reconhecido prestígio internacional, que ajuda a transformar essas entrevistas em reportagens notáveis. Ayén e Manresa viajaram por todo o mundo para nos desnudar o pensamento e a personalidade desses escritores, que lutaram para criar e manter espaços de liberdade, vital e expressiva. As atitudes, em suma, de uma rebeldia de Nobel.

 

Temas:

Reportagens, Viagens, Prêmios, Liberdade

 

Gênero:
Comunicação


Literatura:
Biografia

 

Autor:
Xavi Ayén, Kim Manresa

 

Tradução:

Elisa Martins

 

 

Páginas:

176

Acabamento:
Brochura

ISBN:

978-85-63876-24-9

 

Ano de Edição:
2014

Idioma:
Português

Produto Digital:
Não

Dimensões:
28 x 25


Editora:
Escrita Fina

Os Autores:

 

Kim Manresa (Barcelona, 1961) começou a tirar as primeiras fotografias com catorze

anos, durante os últimos dias do franquismo, conseguindo publicar nos jornais nacionais e estrangeiros. Trabalha em La Vanguardia, desde 1985, e colabora com a Agência VU de Paris.

Publicou 30 livros como autor, entre os quais se destacam Barcelona nit, El Molino, La sombra del toro, El dia que Kadi perdió parte de su vida, Prostituición infantil en Brasil, com David Dusster, Los olvidados, com Juan Gonzalo Betancur, Um río de esperanza, La pell de Catalunya, com Oriol Alemany (RBA-National Geographic), Escuelas de otros mundos e a antologia da coleção Photobolsillo-La Fábrica. Sua obra foi exposta em mais de mil salas em todo o mundo e obteve muitos prêmios. A reportagem de Kadi foi selecionada pela agência Associated Press como uma das cem melhores reportagens do século XX.

 

 

Xavi Ayén (Barcelona, 1969) é jornalista especializado em temas literários. Desde 2000

trabalha na seção de cultura do jornal La Vanguardia, de Barcelona, do qual é chefe. Cobriu as literaturas espanhola e internacional trabalhando para este jornal, viajando pelos cinco continentes. Ao longo dos últimos anos, no ensejo de conhecer e retratar os ganhadores do Prêmio Nobel de Literatura, teve o privilégio de conversar com autores bem diferentes como Gabriel García Marques, que não havia concedido nenhuma entrevista nas duas décadas anteriores, e Naguib Mahfuz, que confiou a ele seus últimos pensamentos antes de morrer.

Colaborador do programa de livros da BTV, Xavi Ayén foi agraciado com prêmio Qwert de melhor jornalista literário do ano. Colaborou com Carlos Sentís na produção do livro Memorias de un espectador. Atualmente escreve um livro sobre o boom dos autores latino-americanos em Barcelona.

Comentários

Produtos visualizados

Carregando ...